18 de dezembro de 2008

Escadas


Esta idéia incrível serve para você guardar tudo o que quiser, sem deixar a sua casa entulhada de coisas. Você só precisa se lembrar de fechar a gaveta para evitar acidentes.

Gavetas! Nunca são demais!


Sim!! Um lugarzinho para se guardar vinhos!!!


Vidro e madeira! A mistura de materiais ficou super harmônica com o ambiente!



Um luxo! Essa escada totalmente de vidros é o foco principal da entrada desta casa!Deixou o ambiente leve e favoreceu a luminosidade!






Super prática! Essa serviu para guardar objetos decorativos!



Já essa guarda livros, revista e objetos! Uma excelente idéia para aproveitar o espaço debaixo de uma escada. Essa eu adorei!

12 de dezembro de 2008

9 de dezembro de 2008

Arte na parede

Adorei essas idéias!!! Simples e um luxo


Aqui foram utilizadas aquelas peças de gesso que normalmente adornam o teto. Incrível o efeito, foi necessário somente uma corzinha e pronto! só pendurar.




Pedaços de tecidos de cetim centralizados no quadro.


Roupinhas de bonecas foram eternizadas nos quadrinhos! Ótima ideia!



Montagem de quadros formam a mesma figura! Reparem no movimento dessa disposição dos quadros .Totalmente diferente do que pintar somente numa tela. Bárbaro!



Essa idéia simplesmente fantástica! Placas de carros foram aproveitadas para criar um ambiente descontraído.

Tendência Cores 2009






Fonte: Revista Kaza

3 de dezembro de 2008

Color Futures 2009



Estudo mundial, publicado no Brasil pela Coral, destaca as tendências de cores e estilos para o próximo ano

Cor é um tema que aguça a curiosidade de muita gente. Neste mês, a Coral, marca do grupo holandês AkzoNobel, apresenta a seus consumidores, clientes e parceiros a sexta edição do Colour Futures, livro que aponta as tendências de cores e estilos para o próximo ano. Fruto de um estudo baseado em vários segmentos da sociedade, como decoração, arquitetura, design, moda e cultura, a publicação apresenta cinco temas-chave e o tom “Cheiro-Verde” como a cor de 2009.

Um verde refrescante e de efeitos relaxantes, a cor do ano representa o perfeito alinhamento entre a natureza e a ciência, em busca de um sentido harmonioso e sustentável para nossas vidas.




"A cor do ano transmite tranqüilidade, progresso, renovação, responsabilidade e sociabilidade”, esclarece Paola Vieira, Gerente de Colour Marketing da Coral e representante brasileira dentre as nove especialistas em cores, internas e externas à companhia, responsáveis pelo estudo. Devido a estas características, o verde Cheiro-Verde tem um papel importante tanto no design de interiores como em áreas externas da casa, podendo ser aplicado em diversos ambientes sem perder a personalidade.

Ainda de acordo com a especialista, em ambientes mais modernos a cor do ano funciona bem quando alinhada a vidro, aço ou concreto, e combina com uma paleta de cinzas, azuis suaves, lilás acinzentado e chocolate. Caso a intenção seja criar um ambiente mais quente, Paola aconselha utilizar tons mais cálidos, como o ameixa, terracota, pêssego e rosa cor da pele.


Temas-chave de 2009

Além do tom que irá colorir 2009, o Colour Futures também revela os cinco temas-chave para o próximo ano: “Ecoarquitetura”, “Dimensões do Branco”, “Herança Cultural”, “Equilibrium” e “Diversão em Casa”. Cada tema é uma coleção de cores baseada nas várias famílias que, em conjunto, refletem tendências de estilo.

O tema “Ecoarquitetura” surgiu a partir de um novo panorama, no qual a maioria das pessoas está preocupada com a construção sustentável, que respeite o meio ambiente. Altíssima tecnologia e sistemas inteligentes estão sendo utilizados para buscar soluções ecologicamente eficientes. Sua paleta tem cores suaves, vindas da natureza, como palha, azeitona, salgueiro e água, que são avivadas e refletidas por verdes tecnológicos, azuis do mar e tons arquitetônicos mais profundos



“Dimensões do Branco” tem a luz como seu principal elemento, permitindo assim uma sutil integração de tonalidades e contrastes. O visual leve e aéreo traz um toque de magia moderna e futurista. A coleção de cores combina novos brancos delicados e cor de giz com assombreamentos comedidos e sutis, que fazem fundo aos tons mais fortes relativos à construção, tais como ferrugem, barro e ardósia escura.



Já a “Herança Cultural” aborda um novo enfoque sobre o design e o artesanato: as microproduções e edições limitadas criadas em comunidades sustentáveis. Neste contexto, cada peça produzida é exclusiva e tem sua própria história e valor, combatendo a padronização e a banalidade. A paleta deste tema combina uma nobre e variada linha de tonalidades botânicas, tais como mostarda, babosa, uva e cacto, enriquecidas por cores mais vibrantes e modernos tons tecnológicos.



“Equilibrium” exemplifica a nova atitude em relação à vida, a reavaliação de nossos relacionamentos uns com os outros, com nossas comunidades e com os rigores da vida moderna. Isto é ao mesmo tempo introspectivo e contemplativo, mas está longe da atitude egoísta e egotista que vivíamos num passado não muito distante. É a busca de um tempo para sermos sociáveis, mas calmos; ativos, porém descansados; humanos, mas espirituais. Inspirada em tons de chá, a paleta deste tema conta com uma coleção de cores calmantes e agradáveis, como jasmim, rosa, tília, musgo e menta. Esses tons são sociáveis e confortantes, levando delicadeza à paleta.



O quinto e último tema, “Diversão em Casa”, é alegre e conta com uma simplicidade ingênua, fazendo apelo tanto aos jovens de idade como aos jovens de espírito. Trata-se de fazer a forma funcional ser sinônimo de diversão, tornando a casa um espaço divertido e um meio de auto-expressão, além de um ambiente de convivência social. Neste contexto, reinam os “plásticos fantásticos”, tanto em termos de material como de cores, tonalidades ousadas em combinações mirabolantes resultam em uma sensação de alegria e humor. Esse enfoque permite o uso de cores muito fortes, mas sem sobrecarregar o todo. A paleta deste tema é única e inesperada, trazendo uma sensação de otimismo e remetendo a tons de brinquedos, Ela contém tons vibrantes e saturados, como coral, pomelo, kiwi e fúcsia, em contrastes com tons mais suaves e rebaixados, como grafite, cru e khaki, em combinações das mais expressivas.




Fonte:www.colunistas.ig.com.br/emcasa

2 de dezembro de 2008

Idéia para florir sua casa



A sugestão vem de Frankfurt, na Alemanha, mas não é difícil de copiar. Junte cinco vidros incolores pequenos – estes, adornados por astromélias, têm 7 cm de altura. Vale reaproveitar embalagens de tinta para artesanato ou garrafinhas de leite de coco. Fixe um vidro ao outro com cola de silicone, própria para aquários, e arremate com duas voltas de ráfia colorida. Use de preferência flores de haste comprida.Adorei!!

Fonte: www.casa.com.br

27 de novembro de 2008

Chita Mania!

Chita é um tecido de algodão desenhos de grandes flores coloridas. O tecido surgiu na Índia e, há tempos, já servia de toalha de mesa em casas de pau-a-pique brasileiras. Hoje empresta sua estampa até para uma cadeira do designer-sensação Philippe Starck.

As características principais do chitão ou chita certamente são: cores primárias e secundárias em massas chapadas que cobrem totalmente a trama (disfarçando, inclusive, eventuais aberturas e imperfeições), tons vivos, grafite delineando os desenhos, predominância de uma cor.

Além de inúmeras possibilidades de aplicação a chita é baratinha!Dá para forrar, caixas de papelão, velas, murais ..o que vc quiser...é só tentar.Mãos a obra inspire-se nesses exemplos e deixe o seu ambiente mais alegre e descontraído.



Cadeira Mademoiselle Philippe Starck








20 de novembro de 2008

Os melhores ambientes de Casa Office

A mostra Casa Office, versão da Casa Cor para escritórios, tem 50 ambientes. Todos eles foram avaliados por um grupo seleto de jurados de diversas áreas: o estilista Ricardo Almeida, o publicitário Erh Ray, o fotógrafo Chico Audi, a designer Carla Ristoris, o arquiteto Mário Biselli, os executivos Raul Penteado e Ruy Goerk e as jornalistas Cláudia Vassalo, Fabiana Corrêa e Lívia Pedreira (diretora da revista Arquitetura & Construção, uma das apoiadoras do evento). Eles revelaram no dia 18 de novembro suas escolhas nas seguintes categorias: o mais sofisticado, o mais tecnológico, o mais Sustentável, o mais criativo, o melhor ambiente ao ar livre e o mais inovador. Com esse prêmio, o presidente da Casa Cor, João Dória Jr., espera incentivar os profissionais que participaram da primeira edição do evento. Você confere fotos dos ambientes premiados abaixo. O Casa Office acontece até o dia 02 de dezembro de 2008, no Jockey Club (av. Lineu de Paula Machado, 775).

Ambiente mais Criativo:


Escritório de um Tarado por Arquitetura, por Márcio Mazza

O arquiteto Marcio Mazza seguiu à risca a proposta de fazer um Escritório de um Tarado por Arquitetura. O revestimento do chão é de fórmica com a impressão de selos de sua coleção pessoal. Também de seu acervo são as maquetes de projetos que decoram o ambiente. A mesa de vidro é da Haworth e as cadeiras de acrílico da Forma.


Ambiente mais Sofisticado:


Consultoria de Negócios, por Fernana Marques.

Fernanda Marques criou uma Consultoria de Negócios completa como um espaço econômico, arrojado e atual. As paredes (T2G) e divisórias (Design In) são todas de vidro, permitindo o aproveitamento da luz natural. O espaço é composto por recepção, sala de reuniões, estação de trabalho, coordenadoria, sala da diretoria e um lounge a céu aberto. O mobiliário corporativo é da Squadra.


Ambiente mais Tecnológico:


Sala de Reuniões, por Andrade Azevedo Arquitetura Corporativa.

A Sala de Reuniões produzida pelo escritório Andrade Azevedo Arquitetura Corporativa tem como mote a inovação tecnológica e a praticidade. A mesa da Alberflex com monitores tela plana permite que o conteúdo digital da reunião possa ser acompanhado por todos os participantes. Mas os computadores descem e ficam camuflados, permitindo outro tipo de integração entre os participantes. A iluminação é da Lumini.


Ambiente mais Sustentável:


Escritório Sustentável, por Athié Wohnrath Projetos e Gerenciamento.

Escritório Sustentável de Athié/Wonrath traz a preservação do meio ambiente através da tecnologia. Diversos recursos, como a integração de todo o equipamento multimídia da Eletroequip, permitem diminuir a produção de lixo. Ao mesmo tempo, o escritório trabalha a arquitetura inovadora, com a integração de todos os ambientes com portas pivotantes e paredes de vidro. Mobiliário da Escriba.


Melhor Ambiente ao Ar Livre:

Jardim do Boulevard, por Marcelo Bellotto

São 440 m² projetados para o convívio social e descontração no ambiente de trabalho. O paisagista Marcelo Belloto fez o Jardim do Boulevard pensando também na questão da sustentabilidade, os decks de madeiras foram feitos com madeira reflorestada da Madezônia. Os vasos, projetados pelo próprio Marcello, são todos de barro, da linha Vasos da Terra e podem ser reciclados. Os tecidos e futons dos bancos e bangalôs são da Futon Company.


Ambiente mais Inovador:


Sala da Diretoria, por Piratininga Arquitetos Associados.

O objetivo da Sala da Diretoria é aproveitar o espaço existente e proporcionar funcionalidade. Assim, a equipe da Piratininga Arquitetos Associados criou o ambiente de 30 m² composto por módulos independentes feitos em metal e vidro. O piso vinílico, da Ace Revestimentos, é parte do módulo rotativo. A iluminação é da Reka.

Fonte: www.casa.com.br

Biomóvel SC

Projeto de Santa Catarina lança marca de móveis sustentáveis


Um projeto que reúne 26 empresas do setor moveleiro de Santa Catarina, o Biomóvel, apresenta hoje, dia 20 de novembro, em São Paulo, a marca de mesmo nome, cuja principal característica é a sustentabilidade no processo de produção. Os produtos devem chegar ao mercado em janeiro de 2009.

"São móveis em madeira maciça reflorestada, produção limpa e que foram produzidos com todo o cuidado para atender as exigências da legislação européia", afirma Ari Bruno Lorandi, idealizador do projeto. Segundo ele, foram incorporados novos procedimentos ao modelo de fabricação já utilizado há muitos anos pelas empresas da região de São Bento do Sul, em Santa Catarina.

O desenvolvimento do Biomóvel teve como base o projeto Green Home, elaborado na Toscana, Itália. A estratégia da iniciativa brasileira integra todos os níveis de desenvolvimento do produto e associa vantagens competitivas como a redução dos materiais utilizados e dos resíduos de produto. O projeto orienta e dá indicações sobre os materiais que devem ser utilizados ou evitados, os padrões para o móvel ecológico até o selo de qualidade ambiental para o Biomóvel
O conceito da nova marca acompanha todo o ciclo de vida do produto. Os processos são compostos das seguintes fases: pré-produção (produção dos materiais e semi-acabados utilizados no processo); produção (transformação dos materiais, montagem e acabamento); distribuição (embalagem, transporte e armazenamento) e até a utilização (manutenção).

Nas fases de criação e produção do móvel, devem ser considerados os seguintes aspectos: projetar produtos multifuncionais, evitar o super dimensionamento dos móveis, escolher processos produtivos que reduzam o consumo de materiais, otimizar o consumo de energia na produção e utilizar embalagens recicláveis.

A idéia não é atrair o consumidor apenas pelo apelo ao foco no processo sustentável. "Nossa proposta é promover este mobiliário também por seu design moderno e inovação", diz Lorandi. "Não imaginamos que as pessoas vão preferir o biomóvel apenas porque é ecologicamente correto, mas porque ele tem qualidade, design e o melhor custo/benefício."

Os produtos receberão um selo de certificação que será fornecido pelo SENAI, garantindo sua origem. Experiências feitas por empresas na Europa, principalmente na Alemanha, já oferecem móveis ecológicos há vários anos. Entre as razões que levam à aquisição desses produtos está a preocupação com a saúde e o ambiente. Segundo pesquisas desenvolvidas no Brasil, cerca de 20% da população brasileira está disposta a pagar 20% a mais por produtos ecológicos.


Serviço:
Projeto Biomóvel - Exposição
Quando: Dia 20 de novembro (quinta-feira), das 9h às 18h.
Onde: Hotel Bourbon Convention Ibirapuera - Avenida Ibirapuera, 2927, Moema, São Paulo, SP
Quanto: Entrada gratuita.
Fonte: UOL ESTILO.


19 de novembro de 2008

Sinta-se em casa


Hotel Boutique. Esse é um grande conceito diferencial que hoteis de luxo vêm adotando, antes de mais nada, para encantar seus hóspedes. O Varanda das Bromélias em Gramado - Rio Grande do Sul é um deles. Cada apartamento tem um tipo de decoração especial, personalizada, aconchegante onde você realmente esquece que está em um hotel e desfruta de todo o conforto como se estivesse em sua própria casa. Totalmente exclusivos!!! Quem for a Gramado vale a pena conhecer. Mais informações www.varandadasbromelias.com.br. Inspire-se!















Hotel Boutique. Esse é um grande conceito diferencial que hoteis de luxo vêm adotando, antes de mais nada, para encantar seus hóspedes. O Varanda das Bromélias em Gramado - Rio Grande do Sul é um deles. Cada apartamento tem um tipo de decoração especial, personalizada, aconchegante onde você realmente esquece que está em um hotel e desfruta de todo o conforto como se estivesse em sua própria casa. Totalmente exclusivos!!! Quem for a Gramado vale a pena conhecer. Mais informações www.varandadasbromelias.com.br. Inspire-se!